sábado, 3 de abril de 2010

Poema escrito para o concurso municipal "Poemas de Natal" - 20/12/2009


Tempo de Natal...

Natal é tempo de festa
de alegria, luz e contentamento
de arte, cor e beleza
do mais puro encantamento.

Mas Natal não é só isso
é algo muito mais profundo
é um estado de graça
que toma conta do mundo.

É tempo de reviver na memória
Aquele que nasceu para ensinar
que não há nada mais importante
que a todas as pessoas amar.

É tempo de estender a mão
de respeito e reflexão
de colocar-se no lugar do outro
de praticar a compaixão.

É tempo de olhar pra dentro
de pensar no que fez no ano
de tentar achar um novo começo
de ser, de fato, humano.

É tempo de renovar amizades
de humildade, de comunhão
de ajudar a quem precisa
de colocar nos olhos o coração.

A única coisa que é triste
e só o que faz mal
é que não pode todo dia
ser dia de Natal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário